Seguidores

sábado, 2 de maio de 2009

Mãe, trago uma rosa a você

Mãe, trago uma rosa a você

Trago uma rosa a você,
que é mulher frágil como um cristal,
e, ao mesmo tempo mais forte,
que o sino que tange.

Trago uma rosa a você...
que apesar de toda ciência e tecnologia
do mundo virtual, é capaz de gerar vidas,
para poder administrar e dar continuidade
às ciências e à tecnologia.

Trago uma rosa a você...
que é sensível, serena,
com um coração tão forte,
Que nas maiores dores...
Ainda é capaz de ofertar e desejar...
que Deus abençõe!

Trago uma rosa a você...
que apesar de tantos maltratos,
angústias e sofrimentos...
Só sabe conjugar o verbo amar e perdoar.

Trago uma rosa a você...
que traz em seu ventre, a vida.
E com ela os sonhos e a esperança,
de um mundo melhor, mais humano e fraterno.

E..., para aquelas que passaram por tudo isso,
e hoje repousam na eternidade,
nos braços do Altíssimo, cuidando de todos nós...
A você, Mãe... Ofereço esta rosa branca.
Postar um comentário